• Facebook Social Icon

Sistema Municipal de Cultura de Rio do Sul

Desenvolvido por Fundação Cultural de Rio do Sul

www.fundacaocultural.art.br | (47) 3521-7702

Sistema Municipal de Informação e Indicadores Culturais

O Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais é o conjunto de instrumento de coleta, organização, análise e armazenamento de dados a respeito da realidade cultural do município. É o reconhecimento da cidadania cultural e de gestão das políticas públicas municipais de cultura.

O SMIIC de Rio do Sul está em desenvolvimento e será constituído por um bancos de dados organizando que disponibilizará informações sobre os diversos fazeres e bens culturais, bem como seus espaços e atores. Aberto e acessível e acessível a qualquer interessado o SMIIC será integrado à sistemas de mapeamento estaduais e nacionais.

Além de possibilitar acesso à informação e troca de informações culturais o SMIIC emite números imprescindíveis para o planejamento e desenvolvimento da cultura (conhecimento de nossa realidade cultural, estabelecimento de metas, identificação de fragilidades, etc.). 

Atualmente os artistas e agentes do ramo cultural podem utilizar o Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) e a tecnologia Mapas da Cultura, disponível clicando aqui.

São objetivos do Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais de Rio do Sul:

I - reunir dados qualitativos, quantitativos e territoriais sobre a realidade cultural do Município, por meio de mapeamento dos artistas, artesãos, produtores, técnicos, trabalhadores, pesquisadores, grupos, entidades, espaços culturais e bens tombados ou protegidos por legislação específica;

II - viabilizar a pesquisa referente às informações culturais para favorecer a contratação de trabalhadores da cultura e de entidades culturais;

III - subsidiar o planejamento e a avaliação das políticas culturais do Município, por meio da disponibilização de dados e indicadores culturais;

IV - difundir a produção e o patrimônio cultural do Município, facilitando o acesso ao seu potencial e dinamizando a cadeia produtiva;

V - identificar agentes, comunidades e entidades até aqui não incluídas nas políticas culturais do Município;

VI - intensificar o acesso às fontes de financiamento das atividades culturais, bem como às diversas ações culturais organizadas pelo Poder Público e pela sociedade, nas suas diversas áreas, no âmbito municipal;

VII - propor formas de provimento de recursos destinados aos participantes do Sistema;

VIII - estimular a participação democrática dos diversos segmentos da sociedade, inclusive da iniciativa privada, reforçando os interesses na viabilização e manutenção dos objetivos do Sistema;

IX - estimular propostas de realização de atividades culturais e educativas das instituições culturais junto às comunidades;

X - acompanhar, regularmente, os programas e projetos desenvolvidos pelos integrantes do Sistema, avaliando, discutindo e divulgando os resultados;

XI - promover e facilitar contatos dos integrantes do Sistema Setorial com entidades municipais, estaduais, nacionais ou internacionais, capazes de contribuir para a viabilização dos projetos dos mesmos.


Consulta: Guia de Orientações do SNC para os Municípios (Dezembro 2012) e Oficinas do Sistema Nacional de Cultura (Junho 2006