top of page

Espetáculo Tanatofobia estreia nesta sexta, na Fundação Cultural de Rio do Sul

Uma dramaturgia produzida em conjunto com Luiza Maria Cunha, apresentando Bruno Marian de Oliveira em seu primeiro monólogo original



Uma dramaturgia produzida em conjunto com Luiza Maria Cunha, apresentando Bruno Marian de Oliveira em seu primeiro monólogo original


Você vive ou apenas existe? A vida e a morte são o tema central de TANATOFOBIA (medo extremo da morte), que relata a história de um homem de 26 anos que vive isolado dentro de sua casa cuidadosamente fazendo de tudo para sobreviver a cada dia. Quanta coisa ele abriu mão pra viver essa vida ou será mesmo que isso é viver?


O medo, a vida, a morte e os sonhos são os questionamentos que o personagem se faz ao longo de Tanatofobia. Será que ele fez a escolha certa em se isolar? O que é viver de verdade? Será que existe algo além da vida? Você já foi movido pelo seu sonho, já viveu ele, ainda vive, ou nunca nem tentou?


Este espetáculo é o segundo monólogo produzido por Bruno Marian de Oliveira, que atua de forma excepcional na pesquisa teatral e dramatúrgica. Bruno participou por anos das aulas de teatro da Fundação Cultural e, em 2022, estreou "Prometeu o dador do fogo", baseado no clássico do teatro grego "Prometeu Acorrentado". Ambos contemplados pelo Prêmio Nodgi Pellizzetti de Incentivo à Cultura. Agora estreia seu primeiro monólogo com uma história original.


O espetáculo é dirigido por Thiago Becker, formado pela Escola Técnica Estadual de Teatro Martins Pena, no Rio de Janeiro. A partir de 2017 deu aulas de teatro na Fundação Cultural e hoje atua e produz espetáculos da Cia Cobaia Cênica.


A história é contada com poucos elementos cênicos, mas os sons e as projeções nos levam a um lugar mágico, inesperado e, até mesmo, transcendental. Será que você vai continuar preso dentro de sua caixinha?


Duração: 50 minutos

Dramaturgia: Bruno Marian de Oliveira, Luiza Maria Cunha

Atuação: Bruno Marian de Oliveira

Direção: Thiago Becker

Coreografia: Ana Vilela

Figurino: Kainara Cristina

Iluminação e Vídeos: Thiago Becker

Cenografia: Bruno Marian de Oliveira, Miriam Marian de Oliveira

Produção Cultural: Luiza Maria Cunha

Classificação indicativa: Livre


Data: 19 e 20 de agosto às 20h

Local: Teatro Domingos Venturini - Fundação Cultural de Rio do Sul

Entrada: 1kg de alimento não perecível

bottom of page