Aprovado o Plano Municipal de Cultura na 4ª Conferência de Cultura de Rio do Sul

Próximo passo é o encaminhamento do Plano à Câmara de Vereadores para transformação em lei



Apoio privado a projetos culturais, programas de incentivo à cultura, certificação para cursos, modernização da biblioteca, incentivo ao artesanato e produtos artísticos e valorização de patrimônios históricos. Essas são algumas das 38 metas que compõem o Plano Municipal de Cultura de Rio do Sul, apresentado e aprovado no sábado, dia 30, durante a 4ª Conferência Municipal de Cultura (conCULT 2022).


O documento vem sendo discutido e elaborado desde 2013, quando ocorreu a 1ª conferência. Neste mesmo ano foi aprovada a lei que instituiu o Sistema Municipal de Cultura, possibilitando em 2014 a aprovação no novo regimento interno do Conselho Municipal de Política Cultural e a criação do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura.


Vale lembrar que as três principais políticas públicas do Sistema Municipal é o CPF da Cultura: Conselho, Plano e Fundo. O próximo passo então é o encaminhamento do Plano aprovado na 4ª conCULT à Câmara de Vereadores para ser transformado em lei.


“Nos próximos dias vai ocorrer uma reunião com o novo Conselho de Cultura, e este encaminhará uma proposição de lei à Câmara, com o Plano Municipal de Cultura aprovado pela plenária da 4ª Conferência de Cultura”, complementa o superintendente da Fundação Cultural de Rio do Sul, Rafael Tschumi.


CMPC – gestão 2022/02024


Também no sábado, foram realizadas a apresentação, a votação e a posse dos novos representantes da sociedade civil que passam a integrar o Conselho Municipal de Política Cultural, gestão 2022/2024. Para finalizar, teve palavra livre onde foram debatidas novas propostas para a cultura de Rio do Sul.





Jari Silva

Equipe de Comunicação

Fundação Cultural de Rio do Sul

(47) 3521 7702