Espetáculo Alice, a maior queda é cair em si é encenado na Fundação Cultural de Rio do Sul



Obra teatral é resultado das oficinas do projeto Tecendo Corporeidades e será apresentada dia 15 de julho O espetáculo Alice, a maior queda é cair em si foi criado a partir das oficinas do projeto Tecendo Corporeidades, contemplado no Prêmio Nodgi Pellizzetti de Incentivo à Cultura 2016. O objetivo da apresentação é compartilhar fragmentos do processo vivido pelos participantes nos três meses de duração do projeto. A peça será encenada dia 15 de julho, 19h, na Fundação Cultural de Rio do Sul. A classificação é livre e a entrada gratuita, com distribuição dos ingressos uma hora antes do evento. A obra possui como referência Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, publicada em 1865. Trata-se de uma releitura da história da personagem Alice, a fim de que as experiências dos participantes sejam mostradas ao público, tomando como ponto de partida os jogos, as conversas e as trocas de conhecimento ocorridas em sala de aula. A direção é de Mariana de los Santos e Lucas Gabriel Viapiana e a produção audiovisual de Tamires de Lara. Informações: www.facebook.com/tecendocorpo. Contatos da produção: lucasgviapiana@gmail.com, (47) 9 9613-1163 e (48) 9 9175-0265. Espetáculo Alice, a maior queda é cair em si 15 de julho (sábado), 19h Classificação livre Gratuito. Retirada de ingressos uma hora antes do espetáculo Fundação Cultural de Rio do Sul (Rua Ruy Barbosa, 204 – bairro Budag) Informações: www.facebook.com/tecendocorpo, (47) 9 9613-1163 e (48) 9 9175-0265 Tiago Amado Equipe de Comunicação Fundação Cultural de Rio do Sul (47) 3521 7702 / 8806 6114


  • Facebook Social Icon

Sistema Municipal de Cultura de Rio do Sul

Desenvolvido por Fundação Cultural de Rio do Sul

www.fundacaocultural.art.br | (47) 3521-7702